Greve de 15 de agosto | Serviços mínimos

 

Como é do conhecimento público, sindicatos representativos de trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, E.P. (ML) apresentaram pré-avisos de greve para o próximo dia 15 de agosto (4ª feira), entre as 00h00 e as 24h00.

Considerando que a necessidade de deslocação é uma necessidade social impreterível que se torna premente quando se reporta a um grande centro urbano, o Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social deliberou que deverão ser assegurados serviços mínimos no Metropolitano de Lisboa.

De acordo com os serviços mínimos definidos pelo Tribunal Arbitral, o Metropolitano de Lisboa funcionará do seguinte modo:

Dia 14 de agosto

Encerramento das estações às 23h20 minutos nas quatro linhas.

 

Dia 15 de agosto

• Haverá circulação do metro apenas nas linhas AZUL e VERDE, entre as 8h30 e as 19h00,

• Na linha AZUL estarão abertas ao público as estações Amadora Este, Pontinha, Colégio Militar, Jardim Zoológico, Praça de Espanha, Marquês de Pombal, Restauradores, Baixa – Chiado, Terreiro do Paço e Santa Apolónia;

• Na linha VERDE estarão abertas ao público as estações Campo Grande, Roma, Alameda, Anjos, Rossio, Baixa – Chiado e Cais do Sodré.

• Algumas das estações abertas poderão ter um dos átrios encerrado, designadamente Jardim Zoológico, Praça de Espanha, Marquês de Pombal, Restauradores, Roma, Anjos e Rossio.

• Os comboios circularão com a frequência de 20 minutos na linha AZUL e de 16 min e 30 segundos na linha VERDE.

• As linhas AMARELA e VERMELHA estarão encerradas.

 

Dia 16 de agosto

• O serviço inicia-se às 6h30m com a oferta normal.

 

Não obstante a realização dos serviços mínimos, poderão ocorrer perturbações na circulação e acessos às estações. O Metro apela à compreensão dos seus Clientes para estas eventuais perturbações, garantindo que estão plenamente asseguradas todas as condições de segurança, consideradas prioritárias na prestação do serviço de transporte.