Greve de dia 30 de maio

 

Por motivo de greve convocada por várias organizações sindicais representativas dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, E.P.E. (ML), para o próximo dia 30 de maio (quinta-feira), prevê-se a paralisação do serviço de transporte do Metro, entre as 23h30, do dia 29 de maio (quarta-feira) e as 01h00 do dia 31 de maio (sexta-feira), não tendo o Tribunal Arbitral fixado serviços mínimos para esta greve.  Está previsto que a normalização do serviço do METRO ocorra a partir das 06h30 do dia 31 de maio (sexta-feira).

Neste período, a CARRIS efetuará um reforço de algumas das suas carreiras de autocarros coincidentes com os eixos servidos pelo METRO, designadamente da carreira 736, entre Cais do Sodré e Campo Grande. Este reforço será efetuado através da colocação em serviço de um número suplementar de autocarros, pelo que não será afetado o normal funcionamento do serviço da CARRIS.

O Conselho de Administração lamenta profundamente todas as perturbações causadas pelos sindicatos aos clientes e à cidade e prosseguirá com determinação o seu propósito de assegurar a sustentabilidade e o futuro do Metropolitano de Lisboa por forma a servir, cada vez melhor, as necessidades da mobilidade de Lisboa.