• Link para a versão em inglês do site do Metro
    Imagem com os logotipos da Carris e da Transtejo Link para o site Carris  (abre numa nova janela) Link para o site Transtejo (abre numa nova janela)

Greve Carris | Dia 14 de maio

 

Greve convocada por organizações sindicais representativas dos trabalhadores da Carris |14 de maio

Por motivo de greve de 24 horas, convocada por organizações sindicais representativas dos trabalhadores da Carris, prevê-se a perturbação do serviço de transporte da Carris, quinta-feira, dia 14 de maio, a partir das 03h00 (ainda que possam ocorrer perturbações pontuais no final do dia 13 de maio), prolongando-se a mesma até ao final do último serviço do dia.

Na sequência da convocação de serviços mínimos por parte do Tribunal Arbitral, a Carris informa que estarão em funcionamento, em 50% do regime normal de tráfego, as seguintes carreiras:

– 703 (Charneca «» Bairro de Santa Cruz)
– 708 (Martim Moniz «» Parque das Nações Norte)
– 735 (Cais do Sodré «» Hospital de Santa Maria)
– 736 (Cais do Sodré «» Odivelas – Bairro Dr. Lima Pimentel)
– 738 (Quinta de Barros «» Alto de Santo Amaro)
– 742 (Bairro Madre Deus (Escola) «» Casalinho da Ajuda)
– 751 (Estação de Campolide «» Linda-a-Velha)
– 755 (Poço do Bispo «» Sete Rios)
– 758 (Cais do Sodré «» Portas de Benfica)
– 760 (Gomes Freire «» Cemitério da Ajuda)
– 767 (Campo Mártires da Pátria «» Estação da Damaia)

Em total funcionamento estará o serviço de transporte exclusivo de pessoas com mobilidade reduzida.

A Carris agradece a compreensão dos seus clientes e lamenta os inconvenientes que esta paralisação possa causar.

O Conselho de Administração reitera o seu empenho na prossecução das medidas necessárias que garantam a sustentabilidade e a qualidade do serviço de transporte que a Carris disponibiliza diariamente aos seus clientes.

A Transportes de Lisboa prosseguirá, assim, o seu propósito de servir, da melhor forma, as necessidades da mobilidade em Lisboa.

 
© 2017 Metropolitano de Lisboa, E.P.E.