Cronologia

1948
janeiro, 26

Constituição da Sociedade Metropolitano de Lisboa, SARL.

 

1949
junho, 14

Aprovação do Caderno de Encargos da concessão.

 

1955
agosto, 7

Início das obras de construção da rede.

 

1959
dezembro, 29

Inauguração oficial. A rede em exploração compreendia 11 estações formando uma linha em “Y” com os dois ramos, “Entre Campos – Rotunda (*)” e “Sete Rios (*) – Rotunda“, concorrentes nesta estação, constituindo em seguida um troço comum “Rotunda (*) – Restauradores“. A exploração era realizada com comboios de duas carruagens, ambas motoras.

 

1963
janeiro, 27

Entrada em exploração do troço “Restauradores – Rossio“.

 
 
1964
maio, 31

Inundação do troço “Restauradores – Rossio” motivada por forte intempérie que se fez sentir na região de Lisboa.

 

1966
setembro, 28

Entrada em exploração do átrio Nascente da estação Rossio e do troço “Rossio – Anjos“.

 

1967
novembro, 25

Inundação do troço “Sete Rios (*) – Palhavã (*)” em consequência da ocorrência de uma tromba de água na região de Lisboa.

 

1972
junho, 18

Entrada em exploração do troço “Anjos – Alvalade“.

 

1975
junho, 5

Nacionalização do Metropolitano de Lisboa (Dec. Lei nº 280-A/75).

setembro, 1

Início da exploração com composições de 4 carruagens.

 

1976
maio, 21

Incêndio de uma composição de 4 carruagens junto à estação Arroios. Não se registaram vítimas.

 

1978
junho, 18

Passagem do Metropolitano de Lisboa a Empresa Pública (Dec.- Lei nº 439/78).

 

1984
janeiro, 1

Entrada em exploração do novo material circulante ML 79.

 

1988
outubro, 15

Entrada em exploração dos troços “Entre Campos – Cidade Universitária” e “Sete Rios (*) –Colégio Militar / Luz“.

 

1992
outubro, 21

Início das obras de construção do PMO III (Parque de Material e Oficinas III).

outubro, 23

Início das obras relativas ao prolongamento “Rossio – Cais do Sodré“.

novembro, 26

Início das obras relativas ao prolongamento “Colégio Militar / Luz – Pontinha” e acesso ao PMO III.

 

1993
março, 29

Entrada em exploração de duas unidades triplas M-R-M (motora-reboque-motora) correspondentes ao protótipo do novo material circulante ML 90.

abril, 3

Entrada em exploração dos troços “Cidade Universitária – Campo Grande” e “Alvalade – Campo Grande“, da estação Campo Grande e do ramal de acesso ao PMO II de Calvanas. Parte destes troços integram o viaduto do Campo Grande e constituem o primeiro troço elevado do Metropolitano de Lisboa. A estação Campo Grande é a primeira estação elevada da rede.

 

1994
julho, 26

Inauguração do Museu da Música na estação Alto dos Moinhos, num espaço cedido ao Instituto Português de Museus.

novembro, 11

Início das obras da Linha Vermelha (“Alameda – Oriente”).

dezembro, 29

Inauguração do Auditório do Metropolitano de Lisboa na estação Alto dos Moinhos. Instalação de um sistema piloto de sinalética para pessoas cegas e amblíopes na estação Avenida.

 

1995
julho, 15

Desconexão do Nó da Rotunda (*). Inauguração da estação Rotunda II. Início da exploração com duas linhas distintas. Linha Azul (Gaivota) “Colégio Militar / Luz – Campo Grande” e Linha Amarela (Girassol) “Campo Grande – Rotunda (*)“.

dezembro, 11

Entrada em vigor da nova Imagem Corporativa da Empresa (logotipo, sinalética, material de escritório, mapa da rede, nomes das linhas, etc.).

 

1996
julho, 24

É concedido ao Metropolitano de Lisboa, pelo Presidente da República, o título de Membro Honorário da Ordem do Infante D. Henrique visando distinguir a atividade da Empresa no campo da cultura e, em particular, no das artes visuais, numa clara referência às intervenções plásticas realizadas nas estações da rede.

outubro, 7

Abertura ao público do interface entre a estação do Rossio da CP e a estação dos Restauradores do Metropolitano de Lisboa.

 

1997
outubro, 18

Entrada em exploração do troço “Colégio Militar / Luz – Pontinha” na Linha Azul (Gaivota).

outubro, 19

Ao princípio da madrugada, após o fecho da exploração declarou-se um incêndio na zona da estação Alameda. A circulação, na Linha da Verde (Caravela), ficou interrompida entre Campo Grande e Arroios.

dezembro, 29

Entrada em exploração do troço “Rotunda (*) – Rato“.

 

1998
março, 1

São alterados os nomes de algumas estações da rede em exploração do Metropolitano de Lisboa, a saber:

  • Palhavã passa a designar-se Praça de Espanha
  • Rotunda passa a designar-se Marquês de Pombal
  • Sete Rios passa a designar-se Jardim Zoológico
  • Socorro passa a designar-se Martim Moniz

março, 3

Início da exploração da rede do Metropolitano de Lisboa com três linhas independentes: Linha Azul (Gaivota), Linha Amarela (Girassol) e Linha Verde (Caravela).

abril, 18

Entrada em exploração do troço “Rossio – Cais do Sodré” na Linha Verde (Caravela).

maio, 19

Entrada em exploração da Linha Vermelha (Oriente).

junho, 10

Na Linha Vermelha (Oriente) entram em exploração, pela primeira vez no Metropolitano de Lisboa, composições de seis carruagens.

agosto, 8

Entrada em exploração do troço “Restauradores – Baixa-Chiado” na Linha Azul (Gaivota).

 

1999
fevereiro, 1

Inauguração do Parque de Material e Oficinas III (PMO III), na Pontinha. Apresentação da nova série de material circulante ML 97, dotado de inter-circulação entre as 3 carruagens que compõem cada unidade de tração.

 

2000
janeiro, 28

Retirada de serviço das 80 carruagens do material circulante da série ML 7. As primeiras composições desta série datavam de 1959.

janeiro, 31

Início da circulação com 6 carruagens na Linha Azul (Gaivota) e na Linha Amarela (Girassol).

março, 21

Os clientes do Metropolitano de Lisboa passam a poder transportar gratuitamente as suas bicicletas nos comboios aos sábados, domingos e feriados.

junho, 9

No decurso das obras de construção da futura estação Terreiro do Paço da Linha Azul (Gaivota), durante a realização de trabalhos de tratamento do solo e na sequência da realização de um furo numa aduela, ocorreu um incidente que provocou a entrada de água e lamas no túnel que ligará esta estação à de Santa Apolónia.

julho, 3

Entrega da primeira unidade tripla ML 99. Esta nova série será constituída por 38 unidades triplas, num total de 114 carruagens.

 

2001
novembro, 11

Apresentação do novo cartão “Lisboa viva” inserido no novo sistema de bilhética e de controlo de títulos de transporte.

 

2002
fevereiro, 19

Pelo Decreto n.º 5 / 2002, desta data, foi atribuída a classificação de “Imóvel de Interesse Público” ao edifício da Sede Social do Metropolitano de Lisboa, sito à Av. Fontes Pereira de Melo, n.º 28, em Lisboa.

julho, 11

Conclusão da retirada de serviço do material circulante da série ML 79.

outubro, 7

No âmbito do novo Sistema de Acesso às Estações da Rede do ML tem início o fecho progressivo dos canais de entrada e saída das estações da rede do Metro.

novembro, 2

Entrada em exploração do troço “Campo Grande – Telheiras” na Linha Verde (Caravela).

 

2003
março, 1

Lançamento do cartão 7 Colinas. Trata-se de um cartão baseado na tecnologia sem contato, para carregamento de bilhetes multimodais para viagens urbanas e suburbanas nas redes da Carris e do Metro, integrado no novo sistema tarifário.

junho, 6

Conclusão do processo de implementação do novo Sistema de Acesso às Estações da Rede do ML. Todas as estações do Metro passaram a estar equipadas com canais de entrada e saída fechados, sendo a abertura controlada pela apresentação de título de transporte válido.

 

2004
março, 27

Entrada em exploração do troço “Campo Grande – Odivelas” na Linha Amarela (Girassol).

maio, 15

Entrada em exploração do troço “Pontinha – Amadora Este” na Linha Azul (Gaivota).

outubro, 26

Início das obras de construção do túnel do troço “Alameda – S. Sebastião“, prolongamento da Linha Vermelha (Oriente).

 

2005
janeiro, 15

Carruagens ML7 voltam a circular na rede no âmbito de uma visita organizada para a APAC- Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos de Ferro.

setembro, 27

Assinatura de contrato com as três operadoras de telefones móveis (TMN, Vodafone e Optimus), para instalação de um sistema que assegura o acesso ao sinal da rede móvel no Metro.

 

2006
abril, 11

Instalação do protótipo de encaminhamento para cegos e amblíopes, na estação Carnide

abril, 12

Inauguração do novo átrio Sul da estação Roma

junho, 29

Concluída a cobertura com rede telefónica móvel de todas as linhas do Metro.

 

2007
fevereiro, 2

Início das obras de construção do troço “Oriente – Aeroporto“, prolongamento da Linha Vermelha (Oriente).

dezembro, 19

Entrada em exploração do troço “Baixa-Chiado – Santa Apolónia” na Linha Azul (Gaivota).

 

2008
janeiro, 26

Comemoração dos 60 anos da Constituição da Sociedade Metropolitano de Lisboa, SARL.

dezembro, 12

Inauguração da reposição do Cais das Colunas

 

2009
março, 13

Inauguração do Interface de Transportes do Cais do Sodré

julho, 26

Alteração na denominação social da empresa para Entidade Pública Empresarial

agosto, 29

Entrada em exploração do troço “Alameda – São Sebastião” na Linha Vermelha (Oriente)

dezembro, 29

Comemoração dos 50 anos do início da exploração comercial do Metro

 

2010
fevereiro, 09

Definição da “Carta do Cliente ML”, onde se expressam os seus direitos e deveres, bem como os compromissos que o Metro assume perante os seus clientes.

março, 24

Início das obras de escavação do túnel do troço “Amadora Este – Reboleira“, prolongamento da Linha Azul (Gaivota).

março, 25

O Metro adere ao “Menos um Carro”, movimento com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a utilização dos transportes públicos de forma mais racional e sustentável.

maio, 08

O Metropolitano de Lisboa lança a primeira edição da Maratona Fotográfica do Metro, um evento inédito que visa a sensibilização para o uso do metro e o gosto pela fotografia.

julho, 16

Pelo quinto ano consecutivo, o Metro conquista a posição cimeira no Índice de Satisfação do Cliente do estudo “ECSI – Portugal” (European Costumer Satisfaction Índex – Portugal) que envolveu a avaliação de um conjunto de operadores de transporte público de passageiros da Área Metropolitana de Lisboa.

setembro, 29

Pela 2.ª vez consecutiva o Metro é galardoado com o Prémio Nacional “Mobilidade em Bicicleta”, iniciativa promovida pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta.

 

2011
fevereiro, 02

Lançamento do primeiro concurso de curtas – metragens sobre o transporte público metro, dirigido à comunidade universitária e do ensino profissional dos cursos de audiovisual e cinema da Área Metropolitana de Lisboa.

março, 05

O Metro de Lisboa reformula o sistema de informação das estações, sendo as novas mensagens definidas de acordo com o tempo previsto para a interrupção e a respetiva causa.

junho, 09

A Câmara Municipal de Odivelas atribuiu uma menção honrosa da 2ª Edição do Prémio Arquitetura e Espaço Público (2011) à estação de Odivelas (Linha Amarela).

junho, 16

Inauguração do Centro de Formação do Metropolitano de Lisboa, sediado no PMO III. O Centro visa desenvolver, para além da formação com a participação de formadores internos, ações de formação interna, formação dirigida a entidades externas.

setembro, 8

Implementação de um projeto pioneiro de naming rights na estação Baixa-Chiado, criando um novo modelo de valorização das estações.

setembro, 24

Integrado na comemoração da Semana da Mobilidade é lançada a segunda edição da Maratona Fotográfica do Metro, iniciativa que visa a sensibilização para o uso do metro e o gosto pela fotografia.

outubro, 13

O Metro é galardoado com o Prémio SIL do Imobiliário 2011, na categoria Obras Públicas, atribuído pelo projeto de extensão ao Aeroporto da rede de Metropolitano de Lisboa.

novembro, 15

O Metro vence o prémio de melhor campanha na categoria “filme publicitário” da 5.ª edição do UITP Marketing Awards, com o spot “50 Anos a Transportar Lisboa”.

novembro, 17

Obtenção da Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, concretizando-se um dos objetivos estratégicos do Metropolitano de Lisboa para o ano de 2011.

 

2012
julho, 17

Inaugurado o prolongamento da linha Vermelha entre o Oriente e o Aeroporto.

agosto, 23
Conselho de Ministros aprova a resolução que nomeia a primeira Administração conjunta do Metropolitano de Lisboa, E.P.E. e da Carris, S.A..

outubro, 10

Estação Aeroporto premiada com o Prémio SIL do Imobiliário 2012, na categoria Obras Públicas.

novembro, 09

Estações Cais do Sodré e Terreiro do Paço distinguidas pela CML com o Prémio Valmor.

dezembro, 15

CARRIS e METRO lançam em conjunto a 1.ª edição da Maratona Fotográfica CARRIS METRO.

 

2013
março, 21

Primeiro protótipo ML90 entra em circulação na rede Metro. A nova composição caracteriza-se, sobretudo, por uma nova disposição longitudinal, ao estilo americano.

junho, 21

Obtenção da Certificação em Ambiente pela norma NP EN ISO 14001:2012

setembro, 23

Alargamento do horário de transporte de bicicleta nos comboios para todo o período de exploração do Metro (6h30 às 1hoo), de 2.ª feira a domingo.

setembro, 23

Abertura oficial do Centro de Atendimento CARRIS METRO.

novembro, 17

Abertura do átrio sul da estação Areeiro da Linha Verde.

2015
janeiro, 08

Conselho de Ministros aprova a resolução que nomeia a primeira Administração conjunta da Carris, S.A, Metropolitano de Lisboa, E.P.E. e Transtejo, Transportes do Tejo, S.A. e da Soflusa, Sociedade Fluvial de Transportes, S.A.

março, 17

Carris, Metropolitano de Lisboa e Grupo Transtejo lançam oficialmente a marca “Transportes de Lisboa”, a qual resulta da integração oficial das três empresas.

2016
abril, 13
Inaugurado o prolongamento da linha Azul entre as estações Amadora Este e Reboleira.