Dando continuidade ao cumprimento do plano de contingência de combate ao surto do COVID-19, e na sequência do Dec. Lei n.º 2-A/2020, de 20 de março que define um conjunto de medidas excecionais e temporárias de resposta à epidemia, o Metro, para além das medidas já anunciadas tem vindo a ajustar a sua oferta e serviços (com a suspensão de alguns serviços), como forma de melhor garantir a segurança dos seus clientes e trabalhadores.

Acompanhe nesta página todas as medidas que o Metro tem previsto implementar no cumprimento do Plano de Contingência para combate à Pandemia de COVID-19.

Ajustes na oferta e nos serviços

(Medidas em vigor a partir de 23-03-2020)
Atualização da informação: 24-03-2020, 18h35

Circulação de comboios:

A circulação de comboios passará a funcionar em todas as suas linhas, em horário de fim de semana, mantendo a circulação com comboios de seis carruagens e no período noturno circulando com comboios de três carruagens, em todas as linhas, evitando, deste modo, aglomerações de clientes no interior dos comboios, procurando, assim, contribuir ativamente para a redução da propagação da COVID-19.

Encerramento de átrios secundários das seguintes estações:

Linha Azul:
S. Sebastião I / Átrio Sul
Avenida/ Átrio Sul
Restauradores/ Átrio Norte

Linha Amarela:

Odivelas/ Átrio Inferior
Senhor Roubado/ Átrio Sul
Lumiar/ Átrio Sul
Quinta das Conchas/ Átrio Norte
Entre Campos/ Átrio Norte
Campo Pequeno/ Átrio Sul
Saldanha I/ Átrio Norte
Picoas/ Átrio Sul

Linha Verde:
Rossio/ Átrio Norte
Anjos/ Átrio Norte
Intendente/ Átrio Norte
Roma/ Átrio Norte
Alvalade/ Átrio Sul

Abertura de canais de validação para passagem de clientes

(Medida em vigor desde 18-03-2020)

O Metro procedeu à abertura dos canais de validação em toda a rede, aumentando a facilidade de deslocação dos seus clientes e uma menor necessidade de apoio e de intervenção dos colaboradores da empresa, com o consequente distanciamento social pretendido no atual enquadramento.

Esta medida irá manter-se até 31 de março, altura em que será reavaliada.

Atendimento ao Cliente

(Medidas em vigor desde 16-03-2020)
Atualização da informação: 20-03-2020, 14h21

O atendimento presencial  no Metro está suspenso.

Em caso de necessidade de contacto e apoio poderá recorrer ao Centro de Atendimento:
– 213500115
– atendimento@metrolisboa.pt.
Dias útei
das 09h às 13h e 14h às 17h

Encerramento dos seguintes serviços de atendimento ao Cliente:

Postos de venda (bilheteiras) – Serviço encerrado;
A aquisição de títulos de transporte efetua-se apenas nas Máquinas de Venda Automática (consultar venda de passes aqui);
O Metro recomenda a utilização de cartões bancários nos pagamentos nas máquinas.
Espaços Cliente
Campo Grande – Encerrado;
Marquês de Pombal – Encerrado

Emissão de Lisboa Viva  – Serviço encerrado;

Perdidos e achados – Serviço encerrado.

Posto de cobrança de multas – Serviço encerrado;
Em alternativa ao atendimento presencial, o pagamento das multas poderá ser feito através de referência Multibanco.

Livro de Reclamações – Recomendamos a apresentação de reclamações através do Livro de Reclamações online

Com estas medidas o Metro continua a responder às necessidades de mobilidade essenciais, cumprindo as orientações de saúde pública em matéria de distância social e procurando assegurar a continuidade do serviço de transporte.

As medidas agora adotadas poderão, sempre que for necessário e se justificar, ser ajustadas tendo sempre como foco assegurar que são cumpridas as medidas de autoprotecção por parte dos nossos clientes.

O Metropolitano de Lisboa agradece a todos seus trabalhadores que diariamente continuam a garantir o serviço Metro (nas estações, nos comboios, na manutenção, em nos serviços de backoffice), bem como aos parceiros (que continuam a assegurar o fornecimento dos serviços de vigilância, limpeza ou recolha de trocos), pela forma notável como têm vindo a desempenhar o seu trabalho diariamente, de modo a garantir o funcionamento do Metro de Lisboa, um serviço fundamental para a mobilidade e funcionamento dos serviços tão necessários à população da Área Metropolitana de Lisboa.