Arte
Arroios

Arroios

Para o revestimento desta estação Maria Keil escolheu um módulo simples formado por linhas paralelas amarelas e brancas ou amarelas e azuis. Com estes azulejos compôs figuras geométricas retangulares que se destacam, quer pelas cores, quer pela orientação vertical ou horizontal das linhas. Por vezes, à semelhança do que fez nas estações de Alvalade e São Sebastião, mas utilizando aqui outra técnica, a artista consegue um ligeiro efeito de volume por meio da marcação, com uma linha vertical negra, de algumas zonas de transição de cor ou de orientação das linhas do padrão.

Arquitetura

Dinis Gomes, 1972

Arte

Maria Keil, 1972