Comunicado de imprensa

Metropolitano de Lisboa adjudica substituição e modernização das escadas mecânicas da estação Baixa-Chiado

20.12.2022

Escadas rolantes da estação Baixa-Chiado

O Metropolitano de Lisboa (ML) adjudicou à empresa Kone Portugal Elevadores uma empreitada na estação Baixa-Chiado para substituição de quatro escadas mecânicas e modernização de mais três. Com um valor total de 1.470.047 euros (acrescido de IVA à taxa legal em vigor), esta é mais uma obra que se insere no vasto plano de adaptação e modernização das estações que o Metropolitano de Lisboa tem vindo a concretizar no âmbito do Plano Nacional para a Promoção da Acessibilidade, com o objetivo de alcançar o princípio de “Acessibilidade e Mobilidade para Todos”.

As escadas mecânicas que vão ser substituídas dão acesso à Rua do Crucifixo e as que vão ser modernizadas dão acesso ao Largo Chiado. O contrato para estas intervenções será assinado logo que estejam cumpridos todos os trâmites legais da adjudicação, nomeadamente apresentação de documentação e garantias bancárias.

No âmbito das intervenções de beneficiação de acessibilidades e modernização de equipamentos mecânicos, o Metropolitano de Lisboa já realizou um investimento total de cerca de 5,12 milhões de euros. Prevê-se que até 2025 o ML venha a ter 52 estações com acessibilidade plena. Este número não contempla as novas estações previstas no plano de expansão, que já abrirão ao público dotadas de todos os equipamentos necessários e meios de acessibilidade plena.

Atualmente, das 56 estações da rede do Metropolitano de Lisboa, 40 possuem acessibilidade (71,4%), ou seja, permitem o acesso pleno a pessoas com mobilidade reduzida, através de elevadores entre o átrio de bilheteiras e a superfície, e entre o átrio e o cais, bem como escadas mecânicas e/ou tapetes rolantes.

As restantes estações dispõem, também, na sua generalidade, de equipamentos mecânicos (elevadores, escadas e/ou passadeiras) que conferem uma boa acessibilidade, ainda que não plena, bem como outros sistemas para pessoas com outras deficiências, a saber:

  • Sinalética em braille e botão de ajuda nas máquinas automáticas de venda de títulos;
  • Botão de ajuda nos canais de validação que permite contacto direto com um funcionário da empresa;
  • Sistema sonoro e escrito de mensagens nas estações e no interior dos comboios;
  • Existência de rampas amovíveis para acesso aos comboios por cadeiras de rodas elétricas, para obviar o desnível existente entre o cais e o comboio;
  • Existência em todas as estações de canais de acesso mais largos, compatíveis com a passagem de clientes com mobilidade reduzida bem como de pessoas com deficiência visual acompanhadas de cães-guia;
  • Existência de plataforma elevatória numa estação.

Contactos para assessoria de imprensa

N.º Ref.: 70_PR

Metropolitano
de Lisboa
Helena Taborda
962 408 939 – helena.taborda@metrolisboa.pt
LPM Gonçalo Santos
961 571 727 – goncalosantos@lpmcom.pt
LPM Pedro Rio
961 528 471 – pedrorio@lpmcom.pt

 

75 Anos do Metropolitano de Lisboa

75 Anos do Metropolitano de Lisboa

Comunicado de imprensa Créditos das imagens: Renata Pessoa/Metropolitano de Lisboa © 2021 Carruagem no Terreiro do Paço convida a viagem pelo presente e futuro. Abertura do concurso público do prolongamento da linha Vermelha São Sebastião/Alcântara marca arranque das...