• Decrease
  • Increase

Carnide

Ficha Técnica

 

Horário | átrio único

Abertura: 06h30

Fecho: 01h00

 

Rede de vendas

Máquinas de venda automática

 

Acessibilidade

A estação dispõe de elevadores e escadas mecânicas.

Pode consultar a operacionalidade dos equipamentos através do telefone 21 3500115 ou do email relacoes.publicas@metrolisboa.pt

 

Dados técnicos


Localização

Linha Azul

Av. Marechal Teixeira Rebelo, cruzamento com a R. Guiomar Torrezão.

 

Inauguração

18 de outubro de 1997

Projeto arquitetónico:  Sérgio Gomes

Intervenções plásticas: José de Guimarães

 

Pontos de interesse

Casa do Artista

Centro Cultural de Carnide

Arte na Estação

A estação Carnide abriu ao público em 1997, o projeto arquitetónico é da autoria do Arq.º Sérgio Gomes e a intervenção plástica é de José de Guimarães.

José de Guimarães patenteia nesta estação o seu estilo caraterístico, resultado de um percurso evolutivo que tem origem na sua estada em África na década de sessenta e é composto por cores fortes numa clara alusão às culturas indígenas.

Tendo sempre presente a estação como um todo, José de Guimarães faz percorrer o seu imaginário estético por vários materiais, como sejam, o mosaico bizantino, o azulejo e a calçada à portuguesa e até, através da utilização de uma forma inédita de intervenção plástica nas estações do Metropolitano, lâmpadas filiformes de luz de néon. Estes elementos de luz intermitente foram colocados ao longo da parte superior das paredes das plataformas e nos topos da estação. Segundo o próprio artista, a utilização do néon está ligada ao milagre da Luz, celebrado na Igreja de São Lourenço (também conhecida como Igreja da Luz), que se situa perto da estação, e para além disso liga-se também com a própria toponímia do local.

 

© 2012 Metropolitano de Lisboa, E.P.E.
 Mapa do Site    Simbolo da acessibilidade na webD