Arte
Alameda
Estação Aeroporto: de 18 a 22 de Outubro o Espaço informação encontra-se aberto das 08:30h às 14:00h.

Alameda

O projeto arquitetónico da estação Alameda II é da autoria dos Arqº’s. Manuel Tainha e Alberto Barradas que, dada a maior profundidade desta estação, organizaram o espaço em três níveis distintos. No nível mais profundo temos as plataformas, estas ligam-se a um átrio intermédio, que por sua vez tem ligação com uma galeria aéria superior de atravessamento pedonal. É no nível superior que se faz a ligação de correspondência com Alameda I, através de uma galeria que integra uma área comercial.

Em termos arquitetónicos esta estação tem uma particularidade que a destaca das demais, a sua nave é formada por uma abóbada cujo eixo é perpendicular às plataformas. Assim, a configuração do teto da estação segue uma superfície curva contínua lançada de uma extremidade à outra das plataformas.

Três artistas plásticos enriquecem os espaços da estação Alameda II, Costa Pinheiro, Alberto Carneiro e Juahana Bloomstedt.

Costa Pinheiro, para quem os grandes personagens da História de Portugal têm constituído uma notável fonte de inspiração, contribuiu com um conjunto azulejar denominado “Os Navegadores”. Esta intervenção plástica toma a forma de galeria de retratos, aplicados em nichos, onde estão patentes grandes nomes dos Descobrimentos Portugueses, dos quais destacamos, entre outros, D. João II, o Infante D. Henrique, Vasco da Gama, Fernão de Magalhães. Por vezes aparecem também, encostadas aos azulejos, pequenas esculturas em mármore.

Alberto Carneiro, um cultor da “Land Art”, marca a sua presença com uma intervenção escultórica constituída por grupos de árvores, dispersas pelos espaços de ligação da estação conferindo um toque de Natureza ao ambiente subterrâneo.

Juahana Bloomstedt, artista de origem finlandesa, foi o autor do pavimento do átrio intermédio, onde um motivo geométrico é realçado pela aplicação de três tons de mármore.

Arquitetura

Manuel Tainha, 1998
Alberto Barradas, 1998

Arte

Costa Pinheiro, 1998
Alberto Carneiro, 1998
Juahana Bloomstedt, 1998