No âmbito das comemorações do Ano Internacional da Tabela Periódica, decretado pela UNESCO, o Metro associou-se ao Departamento de Engenharia Química (DEQ) do Instituto Superior Técnico (IST), para o desenvolvimento de várias ações previstas decorrer ao longo de 2019, nas estações de Alameda ou Cais do Sodré.

As ações preparadas por alunos e professores do DEQ obedecem a um tema específico e pretendem alertar a população em geral para a importância da Tabela Periódica na vida das pessoas.

No dia 16 de setembro, que passar na estação Alameda poderá, através de várias atividades, conhecer melhor os novos elementos químicos que fazem parte da Tabela Periódica desde 2016. De seu nome nipónio (Nh), moscóvio (Mc), tenesso (Ts) e oganésson (Og), os novos elementos químicos fazem homenagem, respetivamente às três regiões geográficas onde foram descobertos e/ou ao trabalho realizado que conduziu à sua descoberta (Japão, Moscovo na Rússia, e Tenessi nos Estados Unidos da América), bem como ao físico nuclear russo Iuri Oganessian que descobriu este e outros elementos químicos. Nenhum destes elementos tem ainda aplicações práticas. Isto resulta do facto destes elementos serem muito instáveis.

Os clientes serão desafiados a responder a um breve questionário que irá testar de uma forma leve e divertida os seus conhecimentos sobre os elementos da tabela periódica, ou a escrever o seu nome utilizando os elementos químicos.

Estará igualmente disponível na estação Alameda um Photobooth, para quem quiser tirar uma foto e partilhar nas redes sociais.

Serão distribuídos crachás e folhetos informativos relacionados com o tema.

 

Próxima ação:

Dia dos novos elementos

Data: 16 de setembro

Hora: 17h

Estação: Alameda

A tabela periódica é a base de tudo, é luz, é a base da química, mas também a base da vida, está ligada a todas as áreas e ouvimos falar dela em todo o lado

Teresa Duarte

Presidente, DEQ

Dias assinalados:

Os radioactivos

Data: 11 de julho
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: apreender o que são os radioativos bem como as suas aplicações, compreender o que é a radioatividade e as suas vantagens e desvantagens. Outra curiosidade a não descurar, e que também será explicada, é que a maioria dos elementos radioativos têm nome de planetas (Urânio Neptúnio e Plutónio) ou de cientistas famosos (Einstein, Curie,…).

 

Escolha um elemento

Data: 25 de junho
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Conhecer melhor os elementos metálicos e não metálicos e as suas aplicações e, quem sabe “adotar” um elemento. Os clientes foram ainda desafiados a responder a um breve questionário que irá testar de uma forma leve e divertida os seus conhecimentos sobre os elementos da tabela periódica.

 

Mês dos elementos representativos

Data: 24 de maio
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Conhecer os elementos representativos da Tabela Periódica (N, O, F, S, Cl, I Pb, Ca, K) e quais as suas possíveis aplicações e onde estão presentes no nosso dia a dia.

 

Dia do Fósforo

Data: 30 de abril
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Dar a conhecer as propriedades deste não-metal, quais as suas possíveis aplicações e de que forma o mesmo se encontra presente no corpo humano, nos seres vivos , no meio envolvente e nos fertilizantes, entre outros. 

Dia do Carbono

Data: 21 de março
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Dar a conhecer a divulgação de outras formas de carbono e suas aplicações, tendo como instrumento de comunicação um cartaz da Royal Society of Chemistry com inúmeras figuras alusivas a esse elemento. Desta forma, foi possível demonstrar qual a relação do carbono com o Dia da árvore e a pegada de carbono (CO2). Houve ainda tempo para photobooths e a distribuição de pequenas ofertas ecológicas e sustentáveis, alusivas à tabela periódica.