Encontra-se em curso o plano de melhoria e modernização das acessibilidades da estação Rato.
No dia 19 de julho, o Metro deu como concluída a primeira fase de intervenção deste plano que incidiu no lanço de escadas que dá acesso à R. do Salitre e R. Escola Politécnica.
De momento, a OTIS – empresa adjudicatária das escadas rolantes da estação Rato, está a desenvolver os esforços necessários para garantir a reparação das escadas que dão acesso à R. das Amoreiras e Av. Álvares Cabral.
Também encontra-se em curso o fabrico de um novo elevador para a substituição integral do equipamento que dá acesso à superfície da estação.

Dados gerais dos trabalhos em curso:

Escadas mecânicas:
Obra a cargo de: Metropolitano de Lisboa E.P.E
Empreiteiro: OTIS
Data prevista de conclusão dos trabalhos: até à segunda quinzena de setembro de 2019
 
Elevador (superfície):
Obra a cargo de: Metropolitano de Lisboa E.P.E
Empreiteiro: Schindler
Data prevista de conclusão dos trabalhos: até ao primeiro trimestre de 2020

Motivo:
Tratam-se de equipamentos mecânicos com duas décadas de utilização intensiva e que entraram em notório desgaste, muito devido aos elevados desníveis que procuram vencer (cerca de 13 metros, no caso das escadas rolantes).
Ciente do reduzido grau de fiabilidade destes equipamentos, o Metro procura agora corrigir esta situação através de um plano de melhoria e modernização dos equipamentos mecânicos mais críticos da sua rede.