No âmbito do Ano Internacional da Tabela Periódica, assim designado pela UNESCO, o Metro desenvolveu, desde março de 2019, um ciclo de iniciativas em parceria com o Departamento de Engenharia Química e do Núcleo de Estudantes de Engenharia Química, do Instituto Superior Técnico (IST), que chegam agora ao seu término.

No dia 20 de novembro, a estação Cais do Sodré é o palco escolhido para a formação de uma tabela periódica humana, contando com voluntários do IST e público em geral que se pôde inscrever, desde outubro, na plataforma criada para o efeito. Os voluntários deverão formar a Tabela Periódica tradicional que em dado momento revelará a relação desta tabela com algumas estações do Metro.

Neste último dia serão distribuídos crachás aos clientes alusivos aos símbolos químicos da Tabela Periódica

 

Próxima ação:

O último elemento

Data: 20 novembro

Hora: 17h-19h

Estação: Cais do Sodré

A tabela periódica é a base de tudo, é luz, é a base da química, mas também a base da vida, está ligada a todas as áreas e ouvimos falar dela em todo o lado

Teresa Duarte

Presidente, DEQ

Dias assinalados:

Os elementos luminescentes

Data: 31 outubro
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: conhecer melhor os elementos luminescentes da Tabela Periódica – elementos estes que têm a propriedade de emitir luz após um estímulo de luz ou uma reação química, por exemplo. Os clientes foram desafiados a responder a um breve questionário para testar os seus conhecimentos sobre os elementos da tabela periódica, ou escrever o seu nome com luz (fosforescência) e objetos que emitem luz.

O nitrogénio

Data: 17 outubro
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: conhecer melhor o elemento nitrogénio, onde o encontrar e as suas aplicações, nomeadamente na preparação de gelado.
O nitrogénio líquido tem uma temperatura muito baixa, congelando rapidamente o iogurte e leite condensado usado na preparação do gelado. 

Os metais

Data: 31 outubro
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: conhecer melhor os elementos luminescentes da Tabela Periódica – elementos estes que têm a propriedade de emitir luz após um estímulo de luz ou uma reação química, por exemplo. Os clientes foram desafiados a responder a um breve questionário para testar os seus conhecimentos sobre os elementos da tabela periódica, ou escrever o seu nome com luz (fosforescência) e objetos que emitem luz.

Os radioactivos

Data: 11 de julho
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: apreender o que são os radioativos bem como as suas aplicações, compreender o que é a radioatividade e as suas vantagens e desvantagens. Outra curiosidade a não descurar, e que também será explicada, é que a maioria dos elementos radioativos têm nome de planetas (Urânio Neptúnio e Plutónio) ou de cientistas famosos (Einstein, Curie,…).

 

Escolha um elemento

Data: 25 de junho
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Conhecer melhor os elementos metálicos e não metálicos e as suas aplicações e, quem sabe “adotar” um elemento. Os clientes foram ainda desafiados a responder a um breve questionário que irá testar de uma forma leve e divertida os seus conhecimentos sobre os elementos da tabela periódica.

 

Mês dos elementos representativos

Data: 24 de maio
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Conhecer os elementos representativos da Tabela Periódica (N, O, F, S, Cl, I Pb, Ca, K) e quais as suas possíveis aplicações e onde estão presentes no nosso dia a dia.

 

Dia do Fósforo

Data: 30 de abril
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Dar a conhecer as propriedades deste não-metal, quais as suas possíveis aplicações e de que forma o mesmo se encontra presente no corpo humano, nos seres vivos , no meio envolvente e nos fertilizantes, entre outros. 

Dia do Carbono

Data: 21 de março
Estação: Alameda
Dinâmica da ação: Dar a conhecer a divulgação de outras formas de carbono e suas aplicações, tendo como instrumento de comunicação um cartaz da Royal Society of Chemistry com inúmeras figuras alusivas a esse elemento. Desta forma, foi possível demonstrar qual a relação do carbono com o Dia da árvore e a pegada de carbono (CO2). Houve ainda tempo para photobooths e a distribuição de pequenas ofertas ecológicas e sustentáveis, alusivas à tabela periódica.