​O plano de melhoria e modernização das acessibilidades da estação Baixa-Chiado entra agora na segunda fase deste projeto para intervenção nos restantes lanços de escadas rolantes que dão acesso ao Largo do Chiado.
Os trabalhos vão ter início através da instalação de vedações e da montagem do estaleiro, imobilizando as escadas 1, 3 e 5.
Assim, a circulação dos clientes no sentido descendente pode ser feita pelas escadas pedonais (cerca de 150 escadas) ou pelo outro acesso da estação (R. do Crucifixo) situado a cerca de 400 metros de distância (5 minutos a pé). As escadas rolantes no sentido ascendente mantêm-se em funcionamento.
Prevê-se que esta intervenção tenha uma duração de três meses.

Dados gerais dos trabalhos em curso:

Obra a cargo de: Metropolitano de Lisboa E.P.E
Empreiteiro: OTIS Elevadores, Lda
Total de investimento: 491.640,00M€ (valor do contrato)

Motivo:

Atendendo à idade dos equipamentos (20 anos) e a uma utilização intensiva – a Baixa-Chiado é uma das estações mais utilizadas no Metro, verifica-se um notório desgaste nos equipamentos que importa corrigir.
Acresce ainda a necessidade de modernizar o sistema deste equipamentos.