Devido a trabalhos de reabilitação em curso, torna-se necessário a retirada provisória dos seguintes equipamentos das plataformas de embarque da estação:
– sinalética.

O Metro prevê repor estes equipamento num período de aproximadamente um mês.

Projeto de reabilitação do átrio Norte da estação do Areeiro

 

O Metropolitano de Lisboa (ML) iniciou no mês de outubro de 2019 o projeto de reabilitação do Átrio Norte da estação Areeiro. Trata-se de uma obra prevista no Plano de Desenvolvimento da Rede Metro, que agora é retomada, numa clara aposta da Empresa na melhoria contínua das instalações da rede Metro.

Dados gerais da obra

Projeto de engenharia: Ferconsult S.A.
Projeto arquitetónico: Arq. Alberto Barradas
Empreiteiro da obra no interior da estação: Agrupamento Complementar de Empresas (DST/EFACEC/DTE/CARI)
Início da obra: 27 de Setembro de 2019
Prazo de execução: 7 meses
Investimento: 2.807.920,40€

Objetivos da obra (Porquê esta obra?):

Trata-se de uma estação antiga com 45 anos de existência, com sinais de desgaste e envelhecimento. Com vista a colmatar esta situação, o Metro intervencionou nas instalações desta estação tendo, em 2013, aberto ao público a estação com um átrio Sul totalmente renovado e um cais de embarque alargado à oferta de composições de 6 carruagens.
Presentemente, o intuito é dar continuidade aos trabalhos de reabilitação da estação, com enfoque no átrio Norte da mesma.

Quais as melhorias previstas para o átrio Norte?

Este projeto de reabilitação tem por objetivo retomar os acabamentos do átrio Norte da estação, permitindo ao Metro:

  • Dotar a estação de três novos elevadores, dando cumprimento aos objetivos de acessibilidade definidos para a rede Metro, em especial aos clientes de mobilidade reduzida;
  • Modernizar equipamentos, sistemas e instalações, adequando-os aos padrões de mobilidade atuais;
  • Beneficiar os painéis de azulejo de Maria Keil;
  • Embelezamento da estação.

Quais são as principais fases de obra?

  • Execução de elevador à superfície e de dois elevadores de acesso entre átrio e cais de embarque;
  • Execução de duas grelhas de ventilação com ligação à superfície (zonas ajardinadas);
  • Recuperação dos acessos à Av. Padre Manuel da Nóbrega;
  • Reconstrução do acesso poente da estação de modo a integrá-lo em desenho da praça proposto pela Câmara Municipal de Lisboa;
  • Reorganização de espaços.

Para quando a reabertura do átrio Norte?

3º trimestre de 2020.

 

Constrangimentos de trânsito:

Conheça os constrangimentos de trânsito no site da Câmara Municipal de Lisboa.

 

Trabalhos em curso:

DST, 07-04-2020

AFML, 25-01-2020